02 setembro 2010

Adegas do Tejo lançam iniciativa para atrair turistas às vindimas

Um grupo de quinze produtores da região vitivinícola do Tejo vai abrir, pela primeira vez, as portas das suas adegas, em Setembro, para atrair turistas para participarem nas vindimas e na realização de provas de vinhos.

Esta acção, denominada “Portas Abertas do Tejo”, é organizada pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) e, segundo esta entidade, são esperados mais de mil participantes. O objectivo é afirmar a região vitivinícola enquanto um “espaço ideal” para uma visita em família ao Ribatejo, diz a CVR em comunicado hoje divulgado.

“A riqueza proporcionada pela diversidade de solos e climas do Ribatejo e o reencontro com a espectacularidade paisagística oferecida pelo rio Tejo são excelentes motivos para conhecer como são produzidos os nossos vinhos e visitar a região”, refere José Pinto Gaspar, presidente da CVR Tejo, no referido documento.

Segundo dados oficiais da CVR Tejo, este ano é esperado um aumento de 25 por cento na produção de vinho na região, em relação à campanha do ano passado, o que significa uma produção de aproximadamente 68 milhões de litros de vinho.

“Pelos indicadores que temos, tudo indica que este ano a qualidade dos vinhos brancos deverá ser muito boa, superando mesmo os resultados obtidos no ano passado, em que já se tinha verificado uma boa colheita”, acrescenta Frederico Falcão, enólogo da Companhia das Lezírias.

“O Ribatejo é uma terra de vinhos, de cavalos e campinos, mas também de castelos, mosteiros e igrejas que falam de história, de cidades e de vilas que foram paços reais, e em que o rio Tejo foi preponderante, já que a sua navegabilidade possibilitava a deslocação frequente da corte real”, frisa ainda José Pinto Gaspar.

in Mirante

Sem comentários: