19 abril 2010

CARTAXO RECEBE X GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO RUI SILVA NA NOITE DE 24 DE ABRIL

Atleta homenageado e campeão do mundo diz estar ao “melhor nível” para participar na prova, que vai juntar centenas de atletas a correr nas ruas da cidade.

O X Grande Prémio de Atletismo Rui Silva vai para a estrada na noite de 24 de Abril. A cidade do Cartaxo vai voltar a viver este momento desportivo, que desde 2001 junta atletas profissionais e amadores a correr pelas principais ruas da cidade.
Na conferência de imprensa de apresentação da prova, realizada no dia 9 de Abril, Pedro Gil, vereador da área do Desporto da Câmara Municipal do Cartaxo, adiantou que a prova vai manter os moldes das edições anteriores, à excepção do local da partida e da chegada. Devido às obras de requalificação urbana que estão a decorrer no centro da cidade, a partida irá realizar-se junto à estação dos Correios, na Rua 16 de Novembro, e a meta irá situar-se em frente ao Centro Cultural, na Rua 5 de Outubro.

Nesta 10.ª edição, prevê-se o mesmo número de atletas que nas edições anteriores – cerca de 400 –, contudo, a Câmara Municipal está a estudar novas formas de dar uma maior dimensão à prova, conquistando mais participantes e uma ainda maior envolvência da população.
“Estamos a pensar em criar um novo formato para o Grande Prémio, talvez para implementar já em 2011, o Rui Silva partilha da mesma ideia. Há que desenvolver sinergias, tirar partido de outros eventos e pensar em apostar numa prova que traga ainda mais atletas ao Cartaxo. O Rui Silva e a cidade merecem uma festa desportiva ainda maior”, afirmou Pedro Gil.
Rui Silva, que no dia 24 de Abril vai correr ao lado de outros grandes nomes do atletismo nacional, de muitos munícipes e atletas vindos de todo o país que todos os anos participam na prova, reconheceu o esforço da autarquia em manter viva esta festa desportiva, porque “não é fácil, em momentos de crise, continuar a organizar este tipo de eventos, que têm como ponto fulcral os patrocinadores. Agradeço à Câmara Municipal por continuar a apostar nesta prova”, referiu o atleta, natural do concelho do Cartaxo.
Rui Silva mostrou-se ainda disponível para colaborar com a autarquia, na procura das melhores soluções para dar ainda mais visibilidade a esta prova. “Há alterações que podem ser feitas, porque esta competição coincide com outros eventos desportivos que costumam decorrer nesta altura de comemorações do 25 de Abril”, sugeriu.
Na opinião do atleta, “a prova só terá a ganhar com uma maior aposta no carácter competitivo, e isso não irá, de maneira nenhuma, afectar o espírito de convívio que se gera entre aqueles que não participam a pensar nos primeiros lugares. Acredito que a envolvência da festa e a interacção vão aumentar”, defendeu Rui Silva.
O atleta, campeão do mundo, admitiu que as suas capacidades físicas já não lhe permitem “manter o nível dos 1500 metros” e que irá passar a apostar em distâncias mais longas – para já, nos 5 mil e depois nos 10 mil. Rui Silva espera continuar nas competições até aos 40 anos, “se as pernas deixarem”, e terminar a sua carreira a fazer uma maratona.
Para a prova dos 10 mil metros do Cartaxo, Rui Silva considera-se “bem preparado” e espera “estar ao melhor nível”.
Presente também nesta conferência de imprensa, Eduardo Gonçalves, em representação da Associação de Atletismo de Santarém e da Federação Portuguesa de Atletismo, destacou algumas das particularidades do Grande Prémio, nomeadamente o facto de se realizar à noite, “o que lhe dá um grande carisma”, frisou. A Ficha de Inscrição da prova, assim como outras informações, estão disponíveis em http://www.cm-cartaxo.pt/.

in X-centrico

Sem comentários: