30 março 2010

Piscina natural substitui antigos tanques públicos de Vale da Pinta

O local dos antigos tanques públicos de Vale da Pinta, Cartaxo, vai ser dotado de uma piscina natural, com o custo de 50 mil euros a ser suportado por um benemérito e pela junta de freguesia.

Os tanques foram já demolidos para darem lugar ao novo complexo turístico composto, além da piscina de 24 metros de comprimento, por balneários, sanitários e um quiosque, informou a autarquia.

Segundo o projecto, toda a área envolvente à piscina será relvada ou calcetada, mantendo-se no local apenas a antiga fonte. Prevista está também a construção de um espelho de água e um parque com 20 lugares de estacionamento.

O novo equipamento, que se irá estender por uma área de 600 metros quadrados num terreno da autarquia, está a ser construído a 50 metros de uma nascente, permitindo que os milhares de litros de água que debita por dia, até agora sem utilidade, possam ser encaminhadas para a piscina.

Fernando Ramos, presidente da Junta de Freguesia de Vale da Pinta, disse que "a inauguração está prevista para Junho, a tempo do início da época balnear".

A água da nascente, até agora desperdiçada a engrossar o caudal de um ribeiro, "estará sempre a correr para dentro do tanque da piscina, cuja profundidade oscila entre os 40 centímetros e os cerca de dois metros, em sistema de cascata", explicou o autarca.

Está ainda a ser equacionado o preço do bilhete a cobrar aos utentes da piscina. Fernando Ramos assegurou "que será sempre um valor simbólico" e, em análise, está a possibilidade da utilização pelos habitantes locais ser gratuita. No concelho do Cartaxo apenas na cidade existe um complexo de piscinas públicas, cobertas e descobertas.

in O Mirante

1 comentário:

Dylan disse...

Interessante e original, sem dúvida.