09 novembro 2009

Valada ultrapassa constrangimentos à construção urbana

A Administração da Região Hidrográfica do Tejo (ARHT) e o município do Cartaxo celebraram um acordo de colaboração que vai permitir prosseguir com a reabilitação e consolidação de obras de manutenção dos diques na área ribeirinha do município.

O investimento, na ordem dos dois milhões de euros, será partilhado entre a ARHT e o Programa Operacional Regional do Alentejo (POA). Com o reforço das barreiras de protecção das localidades em caso de cheia do Tejo, estão criadas as condições para ultrapassar as restrições à construção urbana na freguesia de Valada.

O acordo permitirá, segundo o presidente da Câmara do Cartaxo, Paulo Caldas (PS), “o desenvolvimento económico e social de uma freguesia que tem assistido ao envelhecimento da população, porque os jovens estavam impedidos de construir na freguesia”.

Paulo Caldas acrescenta que, com a valorização da margem ribeirinha, “estão criadas as condições para a fixação populacional e o desenvolvimento económico da freguesia, nomeadamente a construção de equipamentos de apoio à actividade turística e desportos náuticos”.

in O Mirante

Sem comentários: