27 outubro 2009

Autarquia apoia estudantes do ensino superior

Jovens com dificuldades económicas podem candidatar-se a Bolsas de Estudo e beneficiar de um apoio mensal para a sua formação académica. Os estudantes que frequentem ou tenham ingressado este ano no ensino superior podem candidatar-se a Bolsas de Estudo financiadas pela Câmara Municipal. A autarquia está já a receber candidaturas de jovens que, em virtude da sua situação económica, necessitem de apoio na prossecução dos seus estudos em estabelecimentos de ensino superior.

O município vai atribuir um máximo de dez bolsas de estudo por ano, cujo valor pecuniário do apoio concedido a cada estudante será avaliado caso a caso e poderá ir até metade do salário mínimo nacional. Poderão candidatar-se a esta Bolsa de Estudo os jovens que residam no concelho há pelo menos cinco anos, que não possuam - por si ou através do agregado familiar em que se integram - um rendimento mensal per capita superior ao salário mínimo nacional, tenham aproveitamento escolar, não possuam já habilitações ou curso equivalente àquele que frequentam e sejam estudantes a tempo inteiro, não exercendo profissão efectiva remunerada. Num contexto de promoção, valorização e qualificação dos seus munícipes, a Câmara Municipal, no âmbito do desenvolvimento de medidas sociais, decidiu atribuir bolsas de estudo a estudantes, oriundos de famílias economicamente carenciadas, com o objectivo de ajudar a ultrapassar as dificuldades sócio-económicas que dificultam o acesso destes cidadãos ao ensino superior. A concessão de Bolsas de Estudo pela Câmara Municipal tem como objectivos principais apoiar a possibilidade de estudantes economicamente carenciados e com aproveitamento escolar que, por falta de condições, se vêem impedidos continuar a estudar, e colaborar na formação de quadros técnicos superiores, residentes no município, contribuindo para um maior e mais equilibrado desenvolvimento social, económico e cultural. A Câmara considera ainda que as Bolsas de Estudo premeiam e incentivam o ingresso e a continuidade no sistema de ensino, nos vários níveis de estudo, distinguindo quem luta por uma formação científica e profissional mais satisfatória, apesar das eventuais dificuldades económicas.

in Rádio Hertz

Sem comentários: