03 outubro 2009

Autarquia abriu inscrições para Programa de Estágios Da Vinci

A partir de hoje e até dia 15 de Outubro, os jovens recém-licenciados do concelho do Cartaxo podem candidatar-se ao programa de estágios Leonardo da Vinci - Mobilidade de Pessoas Presentes no Mercado de Trabalho, que possibilita a realização de estágios profissionais de três meses no estrangeiro.

A Câmara Municipal do Cartaxo - através do Gabinete de Estudos, Planeamento e Controlo de Operações e Meios (GEPCOM) e da Unidade de Protecção e Promoção do Emprego (UPPE) - e a empresa responsável pela gestão dos estágios, a Euroyouth Portugal, realizou ontem, dia 30 de Setembro, uma sessão de esclarecimento no Auditório Municipal, que permitiu aos jovens interessados conhecerem este projecto e obterem respostas às suas principais dúvidas. Manuel Pina, responsável pelo GEPCOM, começou por evidenciar as vantagens que este programa poderá proporcionar a 24 jovens do concelho - «uma oportunidade única e uma grande mais-valia para os cartaxeiros», dado que a Câmara do Cartaxo foi uma das poucas autarquias do país a ver aprovada a sua candidatura a este programa de estágios, beneficiando de 135 mil euros, a fundo perdido. Um estágio do Programa Leonardo da Vinci é ainda uma oportunidade mais cativante e especial se se considerar que «não vai haver mais de mil jovens portugueses, nos próximos dois anos, a ter acesso a esta experiência. Os 24 jovens do Cartaxo seleccionados serão uns privilegiados», referiu Sofia Antunes, da Euroyouth Portugal. A primeira fase do programa vai seleccionar 12 jovens recém-licenciados, que irão partir para a Alemanha e Espanha, em Fevereiro de 2010. Até dia 15 de Outubro, os interessados têm apenas que preencher um formulário de pré-inscrição, disponível no site da Câmara Municipal, e fazê-lo chegar, juntamente com o currículo vitae, ao gabinete da UPPE, situado no edifício da autarquia. Os seleccionados terão apenas que reunir todo o seu espírito empreendedor e partirem para esta experiência com vontade de aprofundar e adquirir novos conhecimentos, uma vez que a organização de todo o estágio - desde a selecção do local de trabalho, às deslocações e alojamento - será da responsabilidade da empresa coordenadora do programa, a Euroyouth Portugal. O Programa Leonardo da Vinci assegura os encargos das viagens de ida e volta, do transfer, alojamento, transportes locais e curso de língua (obrigatório). Contempla ainda um seguro e dinheiro de bolso (no valor de 300 euros por mês). Cada participante contará ainda com o apoio de um representante do Parceiro de Acolhimento - entidade que, em parceria com a Euroyouth Portugal, irá contribuir para o sucesso do estágio. Joana Vergas, responsável pela UPPE, ficou satisfeita pelo facto de haver entre os presentes nesta sessão de esclarecimento jovens que se mostraram muito interessados em se candidatarem à primeira bolsa de estágios, para Espanha e Alemanha. «Decidam com ponderação, mas não percam esta oportunidade, importante para conhecer novas formas de trabalho e aprofundar conhecimentos, mas também interessante do ponto de vista cultural», frisou. Para este primeiro fluxo de estágios, deverão candidatar-se jovens recém-licenciados interessados em realizar estágios profissionais em Espanha e Alemanha. Para o segundo fluxo a pré-inscrição deverá ser feita em finais do primeiro trimestre de 2010. Os 12 estágios desta segunda fase do programa terão lugar em organizações do Reino Unido, França e Malta.
As condições de acesso, pré-inscrições, regras de selecção, documentação a apresentar e outras informações acerca do Programa poderão ser consultados em www.cm-cartaxo.pt

in Rádio Hertz

Sem comentários: