21 setembro 2009

Falsos anónimos

Como sabe quem por lá anda habitualmente, na blogosfera há dois tipos de anónimos. O aceitável, por vezes até imprescindível, pela originalidade ou brilhantismo que emprega nos seus textos. Mas também o repugnante, a que não se deve dar "link" nem troco, onde se inclui o que utiliza um nome verosímil para emprestar credibilidade ao que escreve, quase sempre calúnias, boatos ou meias-verdades. No último ano apareceram alguns destes últimos, em blogues políticos, muitos deles ao serviço dos mais diversos poderes. Os bons – alguns excelentes – anónimos não devem ser injustamente confundidos com esta última espécie. Aconselha-se critério e prudência.

in JN

Sem comentários: