01 agosto 2008

O padre que faz milagres no desporto

Padre António Pereira eleito presidente da direcção do Amiense

Fazer o saneamento financeiro do Clube Desportivo Amiense é a prioridade da direcção eleita na assembleia-geral realizada no dia 29 de Julho. Uma direcção que tem como presidente o Padre António Pereira, que até há pouco tempo presidiu aos destinos do Centro Desportivo de Fátima.

Mas a direcção agora eleita é formada por mais alguns homens fortes de Amiais de Baixo, como o grande benemérito da terra, Joaquim Louro e alguns outros que têm sido contactados e prontificado a ajudar a fazer sair o clube da crise em que caiu.

Segundo o novo presidente do Amiense, não estava nas suas previsões regressar à presidência de uma direcção. “Saí do Fátima para descansar. Mas sou Pároco de Amiais, por isso tenho responsabilidades para com a comunidade. O facto de estar a ver o clube a definhar e mais de uma centena de jovens ficar parados sem poder praticar desporto, mexeu comigo e com o meu grande amigo Joaquim Louro, e decidimos tomar as rédeas do clube”, referiu o Padre Pereira.

A direcção foi eleita por unanimidade, mas ainda não está completa. “É preciso mais gente para trabalhar, e pelo que parece não vai ser difícil encontrar pessoas disponíveis para nos ajudar, todos os que foram contactados disseram que sim”, disse o presidente.

A ideia é manter todas as modalidades existentes no clube, mantendo o futebol e o basquetebol, “modalidades muito fortes no Amiense, principalmente nas camadas jovens que iremos manter e desenvolver ainda mais”, garantiu o Padre António Pereira.

Mas, apesar de fazer o saneamento financeiro do clube ser a grande prioridade da nova direcção, a vertente desportiva não foi de modo nenhum descurada. “Já estávamos a trabalhar para não deixar fugir os jogadores. O Tó Rei estava mandatado para avançar com as conversações e formar equipa”, disse o dirigente.

“Acredito que vamos manter o nível nas diversas equipas, mas não vamos sonhar com subidas. Vamos reorganizar as camadas jovens e sobretudo criar uma estrutura sólida para que o clube não tenha mais sobressaltos como os que viveu nos últimos tempos”, afirmou com convicção o novo presidente do Amiense.

O Padre António Pereira tinha vivido uma situação muito mais grave quando tomou conta do Centro Desportivo de Fátima, o clube estava quase na bancarrota e totalmente desorganizado. “Era uma situação bem mais complicada do que a que se vive no Amiense, e resolvemo-la com muito trabalho. Acredito que vamos conseguir fazer o saneamento financeiro do Amiense até ao final desta época”, garantiu.

O presidente do Amiense não tem ainda elementos para dizer quem serão os elementos que irão representar as suas equipas, mas garante que o clube de Amiais de Baixo vai ter um grupo de trabalho com condições para representar condignamente a freguesia, quer no futebol quer em todas as restantes modalidades. “Só falta colocar as pessoas certas nos lugares certos, para depois podermos fazer a apresentação”. Disse com entusiasmo.

in O Mirante

Sem comentários: