01 agosto 2008

Frases que me perseguiram durante estes últimos 5 anos

Se eu não morresse nunca! E eternamente buscasse e conseguisse a perfeição das coisas! (Cesário Verde)

Não sou nem ateniense nem grego, mas sim um cidadão do Mundo. (Sócrates)

9 comentários:

Zé Augusto disse...

Perseguiram? Já deixaram de perseguir foi? Então? Descobriste a pólvora?

(lol)

Hurtiga disse...

Não sei porquê, sinto-me um pouco responsável pela primeira...

Vasco Miguel Casimiro disse...

Caro Zé Augusto,

já me deixaram de perseguir porque já não as vou observar todos os dias pela manhã :)


Cara Hurtiga,

sente-se responsável porquê? não entendi.

Obrigado pela visita e comentário

Cumprimentos

Vasco Miguel Casimiro

Hurtiga disse...

Vasco, quem te apresentou Cesário?

Vasco Miguel Casimiro disse...

Cara Hurtiga,

Julgo que a resposta à sua questão é: A minha professora de Português (do 10º ao 12º ano), na Escola Secundária do Cartaxo. Será a Hurtiga?

Cumprimentos

Vasco Miguel Casimiro

Hurtiga disse...

;) Beijinho!
Volta e não volta visito-te!
Apanhei-te no Kaos...

Vasco Miguel Casimiro disse...

Aquela frase de Cesário não me perseguiu por sua culpa :) perseguiu-me pelo facto de, durante os 5 anos da licenciatura, a observar todos os dias no metro da Cidade Universitária.

;) Espero que esteja tudo a correr bem.
Continue a visitar o meu espaço e sinta-se à vontade para comentar.

Eu vou colocar o Vade Retro nos meus links :)

Beijinhos com muitas saudades daquelas belas aulas.

Hurtiga disse...

Percebi duas coisas:
1ª- acabaste a licenciatura. PARABÉNS!
2ª- Não fui assim tão traumatizante quanto isso...

Vou continuar a visitar-te.

;))

Vasco Miguel Casimiro disse...

Muito obrigado :) esta etapa já está concluída (sem Bolonha e sem complicações).

Traumatizantes? Antes pelo contrário. As aulas mais relaxantes que eu tive no Secundário foram as suas :) Ainda me lembro, sempre preocupada com os alunos. Daí os bons resultados nos exames nacionais ;)
Continua pelo Cartaxo?

Também já sou visitante assíduo do Vade Retro.

Beijinhos